Não deixe a doença gengival atrapalhar sua vida

A doença gengival pode ser uma experiência desagradável e desconfortável. Desde sangramento ou gengiva inchada devido à gengivite até problemas mais graves como periodontite, os efeitos físicos da doença da gengiva tendem a se agravar quanto mais tempo ficarem sem tratamento.

Mais detalhes sobre os primeiros sinais da gengivite – mais orientações sobre como ajudar a preveni-la – estão disponíveis nas outras seções deste site. Se você suspeitar que está com algum desses sinais, converse com o seu dentista.

O impacto oculto da doença gengival

Cerca de 37% dos adultos sofrem de gengivite no mundo.1 Para muitas dessas pessoas que apresentam estes sintomas, o impacto pode ir além da parte física, afetando também emocional e socialmente.

Por exemplo, as pessoas que sofrem de halitose (mau hálito), um potencial sinal de gengivite, podem se sentir extremamente constrangidas, principalmente em situações sociais ou quando desejam ficar perto de alguém.2 Do mesmo modo, a doença gengival pode ter um efeito no aspecto da sua boca, especialmente em casos mais graves, como periodontite, que pode levar à perda irreversível de dentes. Uma situação angustiante e que pode abalar a autoconfiança.3

Além disso, as pessoas que notam a presença de sangue na saliva ao escovar os dentes ou ao usar o fio dental podem ficar ansiosas sobre sua causa ou significado para a saúde da gengiva.4 Até mesmo algo simples como comer fora com amigos pode se tornar algo difícil, gerando preocupações como um desagradável sangramento da gengiva durante a refeição.5

Como tratar a gengivite

Felizmente, existem muitas maneiras de ajudar a interromper o processo da gengivite em andamento – começando com uma conversa com seu dentista, que é a pessoa que pode sugerir o tratamento correto para o seu caso.

Você também pode dar alguns passos simples entre os check-ups dentários para ajudar a manter a gengiva saudável, os dentes fortes e o hálito fresco – e reduzir o impacto da gengivite na sua vida.

  • Escove os dentes duas vezes ao dia por pelo menos dois minutos com o creme dental parodontax, que é quatro vezes mais eficaz na remoção da causa de sangramento da gengiva.6 Dentre as pessoas que expressaram preocupação com o impacto da gengivite em suas vidas, duas em cada três disseram que ficaram mais confiantes após o uso de parodontax por 30 dias. O mesmo número de pessoas também reportou que parou de evitar situações sociais ou de se preocupar com a saúde da gengiva.7
  • Use uma escova de dentes manual ou elétrica com cabeça pequena e cerdas arrendondadas suaves, prestando bastante atenção à linha da gengiva (a área onde a gengiva e os dentes se encontram).8
  • Use o fio dental e/ou escovas interdentais para remover a placa bacteriana das áreas de difícil acesso, como, por exemplo, entre os dentes.
  • Use um antisséptico bucal diário, para ter mais uma proteção diária da gengiva.

Converse com seu dentista sobre qual é o melhor tratamento da gengivite para o seu caso.


1 Source: GSK Data Sheet: Spitting blood eating apple and self diagnose
2 Source: GSK PDTX_GumHealth_eDetail_12.07.16 FINAL STC
3 Source: GSK PDTX_GumHealth_eDetail_12.07.16 FINAL STC
4 Source: GSK PDTX_GumHealth_eDetail_12.07.16 FINAL STC
5 Source: GSK PDTX_GumHealth_eDetail_12.07.16 FINAL STC
6 Na remoção da placa vs um creme dental regular de uso diário, após limpeza profissional e com uso duas vezes ao dia. Fonte: GSK Data File.
7 Source: GSK PDTX_GumHealth_eDetail_12.07.16 FINAL STC.
8 GSK Document: PGDTCOMP-0001593